Postagem em destaque

O XIII Encontro de Pesquisa em Educação FaE/UFMG ocorrerá entre os dias 16 a 20/10 na FaE/UFMG. Convidamos a todos para participa...

Prêmio Zumbi de Cultura encerra amanhã no Palácio das Artes

Tem mais Prêmio Zumbi de Cultura e comemoração da Consciência Negra!  Dando continuidade às festividades do Prêmio Zumbi de Cultura, no dia 18/11 (quarta-feira), às 19h, haverá a roda de conversa: “Resistência, arte e empreendedorismo”, com performances artísticas e shows (Grupo Fala Tambor, Brasil African Vocal, Cia Baobá Minas e Zaika dos Santos) na Sala Juvenal Dias, Palácio das Artes, Belo Horizonte.  Este ano, haverá ainda o lançamento da revista “Herdeiros de Zumbi: mestres, artistas e grupos culturais homenageados pelo Prêmio Zumbi de Cultura de 2010 a 2014”.

Desde 2010, o Prêmio Zumbi de Cultura é distribuído anualmente, nas seguintes categorias: Dança, Teatro, Música, Religiosidade, Literatura, Educação, Manifestação Cultural, Personalidade Negra, Menção Honrosa e Atuação Política. Como novidade, foi incluído o reconhecimento na categoria Protagonismo Juvenil.

Como ocorre a premiação

No período que antecede à realização do Prêmio Zumbi de Cultura, as indicações de nomes são feitas por grupos culturais e entidades ligadas ao movimento artístico e político negro, por meio da equipe de articulação do projeto.

Os indicados têm o nome e o histórico avaliados pela comissão julgadora do Prêmio, formada por representantes da sociedade civil, classe artística, poder público, articuladores do Prêmio e a idealizadora do projeto, Júnia Bertolino, diretora e coreógrafa da Companhia Baobá Minas.
Os eleitos são convidados a participarem do evento em que são homenageados e recebem o Prêmio Zumbi de Cultura, materializado em forma de uma linda e imponente escultura de bronze criada pelo artista plástico Jorge dos Anjos.

Companhia Baobá Minas

Criada em 1999 por Júnia Bertolino, a Companhia Baobá Minas aborda o cotidiano do negro, a cultura, ritmos, poesia e dança afro-brasileira do povo brasileiro no intuito de trazer o público uma imagem do negro em toda sua beleza e altivez. Além disto, atua para mostrar a cultura popular das diversas comunidades do território nacional, ressaltando valores e temáticas importantes desta cultura, como a oralidade, memória, ancestralidade e identidade, e sobretudo o notório saber dos mestres populares e a valorização da cultura de matriz africana.
A Cia Baobá Minas ressalta a importância da parceria com artistas e grupos culturais mineiros na realização dessa iniciativa que valoriza e fortalece ações culturais na cidade de Belo Horizonte.

Dia 18 de novembro, 4ª feira – Roda de conversa e shows
Horário: 19h
Local: Sala Juvenal Dias
Exibição do Video: V Prêmio Zumbi de Cultura – Cia Baobá Minas (premiados 2014)
Atrações: Roda de conversa “Resistência, arte e empreendedorismo”, shows com Grupo Fala Tambor, Brasil African Vocal, Cia Baobá Minas e Zaika dos Santos.
Entrada franca



0 comentários:

Postar um comentário


Destaques