Postagem em destaque

O XIII Encontro de Pesquisa em Educação FaE/UFMG ocorrerá entre os dias 16 a 20/10 na FaE/UFMG. Convidamos a todos para participa...

Nilma Lino Gomes é nomeada ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial

Nilma Lino Gomes (em foto de Júnior Panela/Unilab), professora da Faculdade de Educação (FaE), foi nomeada pela presidenta Dilma Rousseff como ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial. A nomeação aconteceu na noite de ontem, 23. Na ocasião, a presidenta nomeou ainda outros 12 ministros.
Desde abril de 2013, Nilma exercia a função de reitora da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), cujo objetivo é colaborar para a integração dos países lusófonos. Antes, a professora já havia coordenado o Programa de Ações Afirmativas da UFMG entre 2002 e 2013.
Pedagoga e mestra em educação pela UFMG, Nilma é doutora em antropologia social pela USP e pós-doutora em sociologia pela Universidade de Coimbra. Na academia, suas pesquisas focam a confluência entre temas como diversidade, relações étnico-raciais, educação, formação de professores, políticas educacionais, desigualdade social e movimentos sociais, com ênfase na atuação do movimento negro brasileiro.
Para Nilma, mulher e negra, sua nomeação repercute como um "lugar de representação" de grupos socialmente marginalizados em espaços de liderança, consequência de um processo de lutas e batalhas pela democracia e por uma cidadania comprometida com a diversidade étnica do Brasil. O cargo reitera sua "responsabilidade como servidora pública, e também uma responsabilidade política", afirma.
Segundo a ministra, o racismo brasileiro tem sido colocado mais à mostra, o que tem possibilitado ações mais incisivas de combate a ele. Nesse sentido, sua atuação se dará pautada por esse combate à discriminação racial, mas também a outras formas de discriminação, como por gênero. "A pasta tem o objetivo de alertar a sociedade, reeducar a sociedade, e apontar os caminhos legais e jurídicos para as situações de discriminação, em diálogo com o movimento negro e outros movimentos sociais – e em diálogo com o governo", enfatiza.

Pasta complexa
Nilma avalia que a Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial é "uma pasta complexa", e que seu trabalho "não será fácil". Nesse sentido, a professora indica qual será a sua postura à frente do cargo no início de seu mandato. "Vou buscar uma boa articulação com os outros colegas de ministério para que possamos fazer uma política intersetorial, transversal. Este é um dos objetivos da Secretaria".

Nilma também afirma que buscará se inteirar, junto à ministra Luiza Helena de Bairros, sobre o que está atualmente em andamento na Secretaria. "Preciso conhecer os principais desafios da pasta para só então traçar os novos caminhos e, ao mesmo tempo, dar continuidade às políticas que vem dando certo", afirma.
A nova ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial toma posse no dia 1º de janeiro, assim como todos os demais novos ministros. 



0 comentários:

Postar um comentário


Destaques